A Esquizofrenia

Atualizado: 24 de Jun de 2020


Esquizofrenia

O que é esquizofrenia?

A esquizofrenia é um transtorno mental que impede o indivíduo de pensar com clareza. Isso pode o fazer ouvir coisas que não estão lá ou acreditar em coisas que não são reais.

Quais são os sintomas da esquizofrenia?

A esquizofrenia pode causar:

- Alucinação: é o sintoma em que o paciente ouve, vê, sente, cheira ou experimenta coisas que não estão lá. Por exemplo, as pessoas com esquizofrenia muitas vezes ouvem vozes em sua cabeça dizendo-lhes para fazer coisas quando não há realmente alguém falando com eles.

- Delírios: delírios ocorrem quando o paciente acredita em coisas que não são reais. Por exemplo, a pessoa com esquizofrenia pode acreditar que é uma pessoa famosa que está morta.

- Pensamento ou fala desorganizada: Pessoas com esquizofrenia têm problemas para pensar de forma organizada. Eles podem conversar e falar sobre muitas coisas antes de chegar ao ponto. Às vezes eles compõem palavras ou dizem coisas que não fazem sentido.

Além disso, o paciente com esquizofrenia também pode:

- Não mostrar muita emoção e não alterar sua expressão facial;

- Não se mover ou falar;

- Não tomar banho ou manter-se limpo;

- Não ter muito interesse em passar tempo com pessoas ou se divertir;

- Ter dificuldade em aprender e lembrar das coisas;

- Não compreender o que os outros dizem;

- Ter dificuldade em resolver problemas;

- Ter ansiedade e depressão.

Existe um exame para diagnosticar esquizofrenia?

Não. O médico diagnostica a esquizofrenia investigando os sintomas do paciente. Porém, ele pode precisar fazer alguns exames para garantir que os sintomas não sejam causados por outra doença.

Como é tratada a esquizofrenia?

A esquizofrenia é tratada com medicamentos, que ajudam a controlar os sintomas, e com alguns tipos de psicoterapia de apoio.

Às vezes, as pessoas precisam testar alguns medicamentos diferentes antes de encontrar aqueles que funcionam melhor e que causam o menor número de efeitos colaterais.

Os medicamentos utilizados para tratar a esquizofrenia podem causar efeitos colaterais desconfortáveis. Neste caso, deve-se falar com o médico sobre eles. Ele pode reduzir a dose, trocar a medicação ou ajudar a manejar os efeitos colaterais de outras maneiras.

Para manter a esquizofrenia sob controle, o paciente geralmente deve tomar medicamentos para o resto da vida. É importante tomá-los exatamente como indicado. Caso contrário, os sintomas podem piorar.

Também pode ser útil participar de um tipo de terapia chamada "psicoterapia familiar". Este programa pode ensinar o paciente e familiares alguns conceitos e habilidades importantes, tais como:

- Que a esquizofrenia é uma doença e não é culpa de ninguém;

- Maneiras de evitar que a condição piore;

- Formas de lidar com seus sintomas para que eles sejam menos estressantes.

ESTE É APENAS UM MATERIAL INFORMATIVO. CASO IDENTIFIQUE ALGUM DESSES SINTOMAS, CONVERSE COM UM PSIQUIATRA PARA QUE SEJA FEITO O DIAGNÓSTICO E O TRATAMENTO CORRETO. CASO ESTEJA PENSANDO EM TIRAR A PRÓPRIA VIDA OU EM SE MACHUCAR, PROCURE UM SERVIÇO DE EMERGÊNCIA MÉDICA.

Fonte: Uptodate/ DSM V

#Esquizofrenia #Psicose #Alucinações #Delírios

20 visualizações0 comentário

Endereço

Centro de Especialidades Clínicas

Life Medical Tower

Rua Santos Dumont, 182 Sala 502

Centro, Florianópolis/SC

CEP 88015-020

Contato

 

Tel. (48) 4009-2190

Whatsapp (48) 99831-7781

  • Facebook - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle

Redes Sociais